4.10.05

Encerrado para obras

Porque tenho que dedicar todo o meu tempo disponível a outras tarefas, não me tem sido possível manter este blog. Para não andar a meter "post´s" à martelada, só para o manter no activo, tomei a decisão de parar durante uns tempos. Voltarei sabe-se lá quando, com este ou com outro projecto. Aos poucos, mas fiéis, leitores deste blog, os meus mais sinceros agradecimentos. Acima de tudo não se esqueçam que função dos políticos é, para além de resolverem os problemas do país, divertir-nos. Até breve.

22.9.05

Chicos espertos

O Caso Felgueiras envergonha o sistema judicial português, a classe política e o próprio país. Aquela senhora lida tão bem com o sistema judicial, que até lhe permitiu o regresso a Lisboa, deu-lhe boleia até ao Porto e até Felgueiras e deixou-a em liberdade, entre outros motivos, porque já não há o perigo de fuga. A mesmíssima senhora que se pôs na "alheta" mal se apercebeu que ia sobrar para ela, tem agora um atestado de pessoa incapaz de fugir às suas obrigações judiciais. Também lida muito bem com os média que, gratuitamente e em troca de uns disursos que ofendem a inteligência de qualquer um, lhe fazem a campanha eleitoral. Fátima Felgueiras representa todo o "chicoespertismo" tão português, só que neste caso com honras de abertura de telejornal e iminente tomada de posse de um cargo público.

21.9.05

Há "dúbidas"

Ontem assisti a parte do debate na "Sic-Notícias" entre os diferentes candidatos à C.M. Porto. Quem diz que no Porto só há arruaceiros, deve ter apreciado a diferença do nível quando comparado com a peixeirada do debate de Lisboa.

12.9.05

O Alentejo III

Ouvi o mais típico alentejano de Porto Covo, a quem carinhosamente pus o nome de Ti Zé, fazer o seguinte comentário para um seu amigo: " Eu avisei-o pra não comer tantos figos. Não me ligou. Vai daí deu-lhe uma caganeira tão grande que até o cu cagou !".

O Alentejo II

Pergunto a um velho e típico alentejano se Vale da Égua fica muito longe. Responde-me, no mais puro sotaque alentejado: "Ui, isso é muito longe. Um seu amigo avisa-me que ele se está a referir ao percurso feito a pé. Logo o velho alentejano acrescenta: " Ai vai de carro. Isso assim fica perto, pr´ai umas 7 léguas ". O encanto daqueles comentários foi tão grande que nem me preocupei em saber quantos quilómetros tem uma légua.

O Alentejo

Já aqui o disse e não me canso de repetir. O Alentejo é uma das raras regiões do país que ainda vale a pena visitar. Ainda se vê ordenamento do território; praias paradisíacas; gentes simpáticas; sossego.

Surf

Num mundo dominado pelas altas tecnologias, é bom recordar que a verdadeira emoção pode estar em coisas taõ simples como a conjugação de uma "tábua" com as ondas do mar. Obrigado a todos os elementos da Escola de Surf da Costa Azul, em especial ao André e ao Dâmaso. Para o ano voltarei.